Temperatura de cachorro: tire suas dúvidas sobre o tema!

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 22, 2019

Cachorros
Temperatura de cachorro: tire suas dúvidas sobre o tema!
Tempo de leitura: 3 minutos

Se você já abraçou um cachorro, deve ter percebido que, além de irresistíveis e macios, eles também são bem quentinhos. Esse é um dos motivos pelos quais é tão gostoso quando eles deitam no nosso colo ou pedem um carinho: a temperatura de cachorro é cerca de 2 a 3°C mais alta que a nossa.

Mas, apesar de ela ser naturalmente mais elevada, é importante ficar atento à temperatura ambiente ideal para cachorro, já que, muitas vezes, ela pode dar sinais de que a saúde do pet não está bem.

Convidamos a médica-veterinária da Petz, Dra. Josiane Souza, para tirar todas as dúvidas sobre o assunto. Confira!

Qual a temperatura ideal dos cachorros?

A temperatura normal de cachorros está entre 38°C e 39°C. É importante ressaltar que essa temperatura não varia, independentemente do tamanho ou da raça do pet.

O que vai alterar esse valor são fatores como clima, atividades, doenças e medicação. Pets idosos ou recém-nascidos podem apresentar a temperatura um pouco diferente da faixa padrão.

Cachorros suam?

Diferente dos humanos, os cachorros possuem poucas glândulas sudoríparas. Ou seja, eles suam pouco, fazendo com que o principal método de regulação da temperatura nos cães seja a respiração. É por isso que eles ficam ofegantes quando estão com calor.

Eles também aproveitam bem as características do ambiente para ajudar nesse controle: por isso adoram deitar no piso gelado em dias quentes ou tirar sonecas sob o sol nas tardes mais frias!

O que pode alterar a temperatura do cachorro?

De forma geral, o que altera a temperatura regular dos cães é a exposição a temperaturas extremas, tanto altas como baixas. O cachorro possui mecanismos para se proteger das mudanças de clima, mas é necessário cuidados para não colocar o pet em situações desagradáveis, que podem comprometer a saúde dele.

Entre os principais motivos que causam alteração na temperatura de cachorro, podemos citar:

  • Passeios em horários inadequados;
  • Pets trancados dentro de veículos sem ventilação;
  • Exposição ao vento e à umidade;
  • Falta de hidratação;
  • Obesidade,
  • Excesso de exercícios.

Lembre-se de que a maioria dos cachorros não utiliza roupas nem sapatos. Por isso, antes de passear com o seu animal, faça um teste: encoste a mão no chão para sentir a temperatura ou tente ficar do lado de fora sem blusa.

Se for difícil suportar a sensação de calor ou de frio, melhor escolher outro momento para sair com o pet.

O que acontece quando a temperatura do cachorro se altera?

A temperatura pode se alterar em dois cenários: ficando mais alta ou mais baixa. Quando a temperatura fica mais alta que o normal, ou seja, acima dos 39,5°C, esse é considerado um quadro de hipertermia. Já cachorro com temperatura baixa, menor de 37°C, apresenta um caso de hipotermia.

É muito difícil medir a temperatura de cachorro com a mão, principalmente devido à presença de pelos. Alguns sinais de que a temperatura do pet pode estar mais alta são:

  • Salivação excessiva;
  • Respiração ofegante de forma persistente;
  • Apatia;
  • Dificuldade de locomoção;
  • Diarreia;
  • Vômitos,
  • Taquicardia.

Já os principais sintomas de hipotermia são:

  • Arritmias;
  • Respiração fraca;
  • Batimentos cardíacos fracos e irregulares;
  • Tremores,
  • Rigidez muscular.

Se você notar qualquer um desses sinais em seu pet, procure um veterinário imediatamente. Se quiser saber como medir a temperatura do cachorro com termômetro digital veterinário, saiba que ele mede a temperatura pela orelha do pet, de forma simples e não invasiva.

Vale lembrar que a alteração de temperatura não é uma doença, mas um sinal de que algo não vai bem no organismo. Só um veterinário saberá realizar um diagnóstico preciso.

Como ajudar a manter a temperatura ideal?

É importante estar atento à temperatura ambiente. Sempre mantenha seu pet em um local seguro, protegido do calor intenso ou do frio excessivo. A hidratação também é fundamental, tanto em dias quentes como em frios.

Não se esqueça de fornecer água fresca e em abundância. Uma dieta equilibrada, exercícios rotineiros e manter o peso ideal também contribuem para uma temperatura estável.

Seguindo essas dicas, dificilmente seu filho de quatro patas vai sofrer com a alteração de temperatura. Mas não esqueça: em caso de dúvidas, procure um veterinário! A Petz conta com profissionais que ficarão felizes em conhecer você e seu amigo peludo. Venha nos fazer uma visita!

 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *