Conheça os tipos de adubo e suas finalidades

Postado por PETZ, em Atualizado em Jan 20, 2021

Dicas
Conheça os tipos de adubo e suas finalidades
Tempo de leitura: 5 minutos

Conhecer os tipos de adubo é essencial para quem deseja ter plantas belas e saudáveis! Afinal, dar uma estimulada em suas verdinhas de tempos em tempos é importante para manter seu desenvolvimento! 

homem com terra na mão

Um jardineiro experiente sabe que fertilizantes não são apenas para os momentos de dificuldades. Eles são itens fundamentais que os amantes da jardinagem devem ter sempre em mãos! 

Gostaria de conhecer quais os tipos de adubação? Continue lendo. Preparamos um tutorial com as principais variedades e um passo a passo para você escolher o mais indicado para seu lar!

Por que adubar? 

Você já se perguntou por que, na natureza, as plantas se desenvolvem sem muitos problemas, mas dentro de casa precisam de tantos cuidados? Para responder essa pergunta, é necessário entender um pouco melhor o mundo das verdinhas. 

Em uma floresta, por exemplo, as plantas fazem parte de um sistema complexo. Seus nutrientes vêm do solo, que é constantemente alimentado através da decomposição de vegetais e animais. Em um vaso ou no jardim, isso não ocorre. 

Por isso, cabe ao jardineiro repor os nutrientes de forma artificial. É aí que entra a adubação! Essa prática é uma forma de alimentar o solo, fornecendo as substâncias e nutrientes que as plantinhas precisam. Viu porque é importante conhecer os tipos de adubo para plantas? Agora só falta conhecer melhor cada variedade. Continue lendo para aprender! 

Orgânico ou inorgânico? 

Quando falamos sobre tipos de adubo, há dois grandes grupos que precisam ser abordados: os orgânicos e os inorgânicos. Essas duas categorias de fertilizantes possuem características distintas, mas o resultado é semelhante. 

Independentemente do tipo escolhido, você terá plantas mais bonitas e saudáveis em seu lar! A principal diferença está no tipo de atuação, aplicação e tempo de espera para ver os primeiros resultados. Para ficar mais claro, explicamos sobre cada tipo adiante! 

Tipos de adubos orgânicos

Os tipos de adubos orgânicos são uma boa opção para quem prefere deixar que as coisas aconteçam em seu tempo natural! Isso porque, nessa categoria, os nutrientes são liberados lentamente através da decomposição de algum tipo de matéria. 

Essa fonte inicial pode ser vegetal  — como as plantas  —  ou animal  — como a casca do ovo. Porém, hoje em dia você não precisa entender de biologia para utilizar fertilizantes orgânicos! Em lojas especializadas, como a Petz, você encontra diversos tipos de adubo orgânico para alimentar seu jardim! 

Húmus de minhoca 

O húmus de minhoca é um dos mais famosos e considerado por muitos o melhor adubo! No entanto, não é necessário ter esses simpáticos animaizinhos em seu jardim para aproveitar os seus benefícios. Hoje, é possível encontrar húmus de minhoca já preparado, pronto para ser colocado em sua horta! 

E o melhor é que, nesse caso, mesmo sendo um adubo orgânico, os benefícios já são imediatos. As minhocas fazem o processo de decomposição e deixam apenas os nutrientes para as plantinhas aproveitarem! 

É um ótimo adubo para qualquer situação e não possui contra-indicações! Entretanto, se sua verdinha estiver muito fraca, talvez seja melhor buscar fertilizantes mais potentes. 

Farinha de ossos

Os ossos também podem ajudar na fertilização de seu jardim! Para que os nutrientes sejam aproveitados de forma eficaz, o ideal é utilizar farinha de ossos, um produto facilmente encontrado em lojas especializadas. 

Rico em fósforo e cálcio, esse fertilizante ainda auxilia a regular o pH da terra, sendo uma boa opção para qualquer espécie! A farinha de ossos, entretanto, pode ter atuação mais lenta. Por isso, é mais indicada para a manutenção de plantas que já estão saudáveis, para que elas continuem se desenvolvendo! 

Esterco

Se você já esteve em uma fazenda, sabe o segredo para hortas saudáveis — o bom e velho esterco! E graças às maravilhas do mundo moderno, você também pode aproveitar esse excelente fertilizante em sua casa! 

O esterco pode ser um adubo caseiro ou é possível encontrá-lo em lojas especializadas já pronto para uso. Estes são muito indicados para hortas e jardins. Basta misturá-lo à terra para que as plantinhas possam aproveitar seus nutrientes! 

Como são de origem natural, os adubos orgânicos não possuem contraindicação! Se estiver buscando um produto para aplicar regularmente em sua plantinha, eles podem ser a escolha perfeita! 

Tipos de adubos inorgânicos

Assim como os orgânicos, os adubos inorgânicos têm como objetivo aumentar os nutrientes da terra, fortalecendo, assim, suas verdinhas. Também chamados de fertilizantes químicos, esses produtos são preparados por especialistas e já contêm exatamente as substâncias necessárias para o desenvolvimento dos vegetais. 

Como já estão preparados, possuem absorção rápida e eficaz. Assim, são os mais indicados caso sua planta esteja fraca e precisando de ajuda. Também é possível encontrar diferentes tipos de adubo inorgânicos. Os principais são: 

Líquido

É a variedade mais prática, pois já vem pronta para uso. Basta aplicar diretamente no solo, utilizando as recomendações da embalagem. Alguns produtos já são encontrados em forma de spray, facilitando ainda mais o seu uso! 

Concentrado

É um tipo de adubo inorgânico muito comum. Geralmente, vêm em pequenos frascos e contém nutrientes em uma concentração muito alta. Por isso, devem ser diluídos antes de serem colocados no solo. As instruções para diluição devem estar presentes na embalagem. 

Pastilha

Apesar de menos comum, esse tipo de adubo também é muito prático. Seu formato em pastilha lembra um comprimido grande. Para utilizá-lo, é necessário enterrá-lo no vaso ou no jardim. Com as regas, a pastilha vai se dissolvendo aos poucos, liberando os nutrientes na terra. 

Granulado 

O tipo granulado demanda um pouco mais de trabalho e, por isso, é mais indicado para jardineiros experientes. Deve ser incorporado à terra de forma equilibrada e, para isso, é necessário revolver o solo utilizando uma pá ou outro instrumento de jardinagem. Depois, basta regar sua planta normalmente e ela poderá aproveitar os nutrientes. 

Os adubos inorgânicos são excelentes para nutrir a terra de forma rápida e eficaz. Entretanto, seu uso excessivo pode alterar drasticamente a composição química do solo. Por isso, é recomendado utilizar seguindo rigidamente as instruções presentes na embalagem do produto escolhido. 

dicas para jardim0

Conhecer os principais tipos de adubo é um passo essencial para se tornar um jardineiro mais experiente e, consequentemente, cuidar melhor de suas plantinhas! Conte com o blog da Petz, para saber outras informações e dicas de plantio que farão de você um expert!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *