Passarinhos domésticos: 5 dicas para escolher a espécie ideal!

Postado por PETZ, em Atualizado em Jun 13, 2019

Aves
Passarinhos domésticos: 5 dicas para escolher a espécie ideal!
Tempo de leitura: 4 minutos

Pássaros podem ser ótimas companhias! Com sua alegria e beleza, as aves conquistam a todos e vêm ganhando popularidade nos lares brasileiros! Porém, quando falamos de passarinhos domésticos, estamos, na verdade, nos referindo a diversas espécies diferentes de animais.

Nossos amigos de penas possuem diferentes tamanhos, cores e personalidades! Está interessado em ter uma ave em sua casa mas não sabe como escolher? Não se preocupe. Preparamos cinco dicas que vão ajudar na hora de escolher o melhor para você entre os tipos de passarinhos.

1. Quanto tempo você tem?

Com suas penas coloridas e seu canto melodioso, os passarinhos domésticos ficam ótimos no ambiente, certo? No entanto, é importante lembrar que aves são pets, e não decoração.

Elas precisam de cuidado e atenção para viverem saudáveis e felizes. Apesar de todos os pássaros serem carinhosos e brincalhões, alguns gostam de se divertir com o tutor e outros preferem ter um tempo sozinhos!

Por isso, ao escolher um novo amigo, não opte apenas pelos pássaros mais populares, mas pense em quanto tempo você tem disponível. Canários, por exemplo, são mais independentes e não gostam de ser tocados. Preferem observar o movimento da casa em seu tempo. Já os periquitos são muito interativos e adoram brincar com o tutor por horas! Qual se encaixa mais no seu perfil?

2. Onde a ave vai ficar?

Este é outro ponto a se pensar antes de se trazer passarinho doméstico para seu lar. Onde a ave vai ficar? Quanto espaço há em sua casa? Ela vai viver em uma gaiola ou em um viveiro?

As respostas dessas perguntas vão indicar qual o melhor passarinho para você. Para escolher melhor, lembre-se dessas indicações: o tamanho mínimo de uma gaiola deve ser duas vezes o tamanho da ave com as asas abertas.

No entanto, assim como nós, os pássaros relaxam melhor em uma espaço grande e confortável. Especialistas indicam que quanto maior a gaiola, menor a chance de o pet ficar estressado. Levando isso em consideração, identifique o melhor local em sua casa e calcule quanto espaço pode oferecer para sua nova amiga.

3. Que tipo de amigo você procura?

Os passarinhos domésticos possuem diferentes personalidades, e escolher seu novo amigo depende de que tipo de companhia você está procurando. Escolher uma personalidade que combina com você não só tornará a convivência mais divertida, mas também fará com que o pássaro fique mais saudável!

Uma ave interativa e brincalhona ficará depressiva em uma família mais reservada, por exemplo. Para isso, segue um breve perfil dos principais tipos de passarinhos pequenos para se ter em casa:

  • Periquitos: são brincalhões e interativos, se dão muito bem com crianças;
  • Canários: famosos por seu canto, os canários são mais reservados e não gostam de muita interação;
  • Papagaio: simpático, o papagaio adora brincar com todos os membros da família;
  • Calopsita: a calopsita é muito brincalhona, e geralmente adota um tutor para chamar de seu, podendo ser um pouco ciumenta,
  • Diamantes: são conhecidos pela beleza. São afetuosos e gostam de carinho, mas nem tanto de brincadeiras.

4. Quanto você pode gastar?

Ter um pet pode ser uma das experiências mais emocionantes de sua vida. Com ele, você vai viver emoções incríveis e aprender lições para toda a vida! Mas, ser um tutor também significa uma grande responsabilidade.

Aves são animais de fácil trato e que, geralmente, geram um custo pequeno, mas fique atento em cuidados especiais como a saúde das aves no inverno.

Quanto mais incomum o passarinho doméstico, mais caro será cuidar de sua amiga penuda. Segundo a ABINPET, Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, o custo médio de espécies comuns, como o canário e o periquito, é de apenas R$7,80! Porém, aves mais exóticas, como a cacatua e o papagaio, podem ter um valor bem mais alto!

5. Quantos passarinhos você quer?

Passarinhos domésticos são animais muito sociáveis! Pense bem, na natureza, é muito raro vermos uma ave sozinha, não é mesmo? Elas gostam de viver em bando, com muitas companhias!

Assim, algumas espécies de pássaros precisam de outras amigas para ficarem mais felizes. Periquitos, por exemplo, vivem melhores em duplas. Se for ter mais de um passarinho doméstico em casa, leve em consideração as seguintes dicas:

Tenha mais de uma gaiola

Ao ter duas aves em um mesmo ambiente, provavelmente, uma delas será a dominante do grupo. Isso pode causar brigas e problemas. Talvez, seja necessário ter um espaço para cada animal.

Pássaros mais velhos são teimosos

Apresentar um novo pet para uma ave que estava acostumada a viver sozinha pode não ser uma ótima ideia, principalmente se forem espécies diferentes. Sua amiga pode encarar o novo integrante como uma ameaça.

Dê o tempo necessário

Se escolher ter um novo amigo em sua casa, faça a introdução aos poucos, de forma gradual. Deixe que eles se conheçam aos poucos!

Nas primeiras semanas, alguns momentos juntos serão o suficiente para uma primeira apresentação. Depois de um tempo, vá aumentando o tempo de convívio, até que elas sejam melhores amigas!

E aí, já decidiu qual espécie de passarinho doméstico é a ideal para seu lar? Na Petz, você encontra tudo o que precisa para sua nova amiga ter um lar feliz e confortável! Busque em nossa loja online ou passe na loja mais próxima para uma visita!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

Carlos Alberto Vieira - 02/12/2019

Como é que eu faço para saber o sexo da minha Calopsita e dos meus periquitos?

Petz - 19/12/2019

Oi, Carlos! Temos uma materia sobre isso aqui: https://www.dicaspetz.com.br/blog/especies/aprenda-como-saber-se-a-calopsita-e-macho-ou-femea/