Saiba como cuidar de filhotes de cachorro recém-nascidos

Postado por PETZ, em Atualizado em Oct 26, 2020

Bem-Estar
Saiba como cuidar de filhotes de cachorro recém-nascidos
Tempo de leitura: 4 minutos

Os primeiros dias de vida de um mamífero são muito delicados. No caso dos cachorros, além de depender do leite materno para sua nutrição, os filhotes também precisam da mamãe para ficar aquecidos, fazer suas necessidades, entre outras funções. Pensando nisso, montamos um guia sobre como cuidar de filhotes de cachorro recém-nascidos.

cães recém nascidos

Quais são as principais necessidades de um filhote recém-nascido?

De acordo com a Dra. Tuany Fialho, médica-veterinária da Petz, no período conhecido como neonatal, os filhotes dedicam 30% do seu tempo à alimentação e 70% ao sono. Portanto, os cuidados com filhotes de cachorro recém-nascidos são básicos, porém essenciais. 

Entre as principais necessidades da ninhada estão: aquecimento, uma vez que o organismo do filhote ainda não consegue conservar a temperatura corporal por conta própria; alimentação com leite materno ou substituto nutricional equivalente; estímulo à micção e à defecação; local seguro e, de preferência, com pouca incidência de luz.

O que fazer quando a mãe está perto dos filhotes?

Quando a mãe está presente nos primeiros dias de vida do cachorro recém-nascido, ela mesma se encarrega de atender a todas as necessidades dele, amamentando-o e mantendo-o sempre próximos ao seu corpo. Isso é importante para que fique nutrido e aquecido.

Nesse sentido, a mãe também se encarrega de ajudar os filhotes a fazerem suas necessidades após as refeições. Para isso, a cadela lambe as regiões genital e perianal dos filhotes. 

Mas atenção: isso não significa que você não precisa fazer nada. Além de proporcionar um local seguro, quentinho e com tudo que a mãe e seus filhotes necessita, o tutor observar se está tudo bem com a cadelinha e com a ninhada. Em caso de choros prolongados, presença de secreções, sangramentos, entre outros problemas, procure um veterinário.

cachorro filhote em pé

É possível que filhotes de cachorro recém-nascidos sobrevivam sem a mãe?

Felizmente, sim! “Com muito cuidado e zelo, os filhote de cachorro recém-nascido conseguem sobreviver”, diz a Dra. Mayara de Souza, médica-veterinária da Petz. Quando a mãe não está por perto por algum motivo, o tutor deverá tomar todas as medidas a fim de substituir seus cuidados básicos, como:

  • Alimentação: com a ajuda de mamadeiras e seringas específicas, ofereça leite para cachorro recém-nascido industrializado. “A quantidade depende do peso e do tamanho dos cãezinhos”, explica Mayara. De acordo com a especialista, nos primeiros dias os filhotes devem ser alimentados a cada duas horas. 

“Com o tempo, aumente o intervalo entre as mamadas para a cada três horas, e depois, a cada 4 horas”, completa. Em geral, o desmame inicia a partir da 4ª semana, quando é recomendado o uso da papinha.

  • Aquecimento: após o nascimento, os filhotes de cachorro ainda não conseguem conservar a temperatura corporal sem ajuda, ficando mais expostos ao risco de hipotermia. Para ajudá-los, procure mantê-los em ambientes com temperatura sempre acima dos 20°C e nunca deixe os filhotes em contato direto com o piso frio. Cobertores e bolsas de água quente também podem ajudar a aquecer os pets. Só fique atento para não queimá-los.
  • Iluminação: outro dos cuidados com cachorros recém-nascidos é quando os filhotes começam a abrir os olhinhos a partir da segunda semana de vida. Como nessa fase os olhos caninos ainda são muito sensíveis à claridade, é importante manter os pets em local de baixa luminosidade.
  • Micção e evacuação: com a ajuda de um algodão umedecido em água morna, massageie suavemente as regiões genital e perianal. O procedimento deve ser feito cerca de dez vezes ao dia para para evitar a evacuação por conta própria, que pode ser muito dolorosa.

Pode pegar filhote de cachorro no colo?

O ideal é não pegar, principalmente no caso dos cães que ainda contam com a presença da mãe. Isso porque o cheiro que deixamos no filhote pode fazer com que a cadela não os reconheça e acabe rejeitando a cria. Mesmo que o filhote seja órfão, seu sistema imunológico dos recém-nascidos ainda é muito frágil. 

Portanto, ao segurar os pets com as mãos sujas, por exemplo, eles ficam mais expostos ao risco de contrair doenças. Caso a mãe não esteja presente ou se tiver que segurar o filhote por uma emergência, como para levá-lo ao veterinário, procure fazer isso com a ajuda de um cobertor limpo, evitando o contato direto com as suas mãos. É mais seguro e ajuda a manter o filhote aquecido. 

A partir da segunda semana, os filhotes deixam de ser considerados recém-nascidos e entram no chamado período transacional, que é quando começam a abrir os olhinhos e a se alimentar com alimentos mais pastosos. Entender como manter os bichinhos nutridos é parte essencial sobre como cuidar de cachorro recém-nascido

cães filhotes

Após aprender como cuidar de filhotes de cachorro recém-nascidos, veja aqui uma matéria sobre como fazer o desmame. Também não deixe de conversar com um veterinário para programar vacinação e vermifugação. E para oferecer tudo o que esses pequeninos precisam, acesse o Petshop online da Petz e aproveite nossas condições especiais!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *