Como adaptar o cachorro ao novo lar: 9 formas de ajudar seu amigo!

Postado por PETZ, em Atualizado em Dec 4, 2020

Bem-Estar
Como adaptar o cachorro ao novo lar: 9 formas de ajudar seu amigo!
Tempo de leitura: 6 minutos

Mudar de casa é um processo cheio de emoções! Com a mudança, ficamos estressados, cansados, ansiosos e muito animados. Assim como nós, os pets também passam por essa montanha-russa de sentimentos! Todo o processo de como adaptar o cachorro ao novo lar exige certa de dedicação dos tutores.

Afinal, muitos cachorros vivem sob o mesmo teto durante muitos anos, fazendo dele seu pequeno reinado. Seu amigo já está acostumado com os limites, locais favoritos e até mesmo onde é o banheiro!

Mas como fazer a adaptação de cachorros em um novo espaço? Se você está passando por um processo de mudança, não se preocupe! Separamos 9 passos que vão ajudar seu amigo nesse momento.

cachorro novo lar

Continue lendo e aprenda a facilitar a mudança de casa para cães!

1. Mantenha a calma na hora de adaptar o cachorro ao novo lar

Cachorros são mais sensíveis do que você imagina. Na verdade, um estudo de pesquisadores ingleses mostrou que os cães são ótimos em perceber quando seu tutor está triste.

O teste funcionou da seguinte maneira: cientistas colocaram tutores e pets no mesmo ambiente. Quando o humano estava conversando, o cachorro não dava tanta bola. Porém, quando o tutor ficou triste e começou a chorar, 83% dos cães se aproximaram para verificar o que tinha ocorrido.

Ou seja, esses melhores amigos são ótimos em ler as emoções e conhecem os humanos como ninguém! Se você estiver estressado, seu pet irá perceber. Por isso, respire fundo e mantenha a calma. Além de ajudar a arrumar seu novo lar com mais tranquilidade, isso vai auxiliar na adaptação do cachorro!

2. Mantenha a rotina do cachorro no novo lar

Cachorros adoram rotina. Nossos amigos peludos podem até não ter uma agenda, mas seu sistema funciona como um reloginho. Assim, o pet sabe a hora de levantar, quando vai ganhar comida, o momento de passear e até mesmo quando você vai chegar em casa!

Por isso, fugir da rotina é muito estressante para os cães. Então, por mais que você esteja cheio de tarefas, preparando a mudança de casa, tente manter a rotina de seu pet. Continue com a hora da comida, de ir ao banheiro e de passear. Isso vai mostrar que mudanças não são tão ruins assim.

3. Na adaptação, não se esqueça dos itens do cãozinho

Na hora de preparar a mudança há muitos compromissos! E uma dessas tarefas é lembrar dos itens de seu pet. Brinquedos, caminha, bebedouro e comedouro devem estar reservados e ser levados para a nova casa.

Não pense em comprar tudo novo! Você pode até redecorar sua nova casa e trocar alguns móveis, mas o ideal é que os itens do pet se mantenham os mesmos. Isso facilita quando a questão é como fazer seu cachorro se adaptar em apartamento ou casa.

Caso seu filho de quatro patas adore tirar uma soneca no sofá durante a tarde, espere um pouco para trocar o móvel. Ficar em um ambiente totalmente novo e sem nenhuma familiaridade pode causar alterações no comportamento dos cães.

Ah, e uma última dica: sempre deixe para embalar os itens do pet por último. Assim, você deixa sua antiga casa mais confortável até o último minuto. Ele nem vai perceber tanto a mudança!

4. Para adaptar o pet, mantenha o cheiro dos seus objetos

Claro, todo tutor se preocupa com a higiene dos objetos de seu pet e lava com frequência cama, cobertor e brinquedos. Contudo, durante o período de mudança, você pode suspender esse hábito por alguns dias.

O olfato é muito importante para os cachorros, e eles sabem exatamente como é o cheiro de casa.

Se seu filho tiver uma caminha favorita, ou mesmo uma manta ou um cobertor, cuide muito bem desse item. Ele será de muita ajuda na hora de saber como adaptar um filhote de cachorro a novo lar. O cheiro do antigo da casa ajuda muito a adaptação no novo ambiente para cães!

5. Considere um hotel para cachorro antes de ir para o lar

Se o período de preparação para a mudança está sendo cansativo e estressante, pode ser o momento de considerar um hotel para cachorro. A casa cheia de caixas, pessoas correndo para todos os lados e tutores sem tempo para brincar ou passear pode ser muito estressante para os cães.

Em um hotel, seu amigo estará acompanhado de profissionais, em um ambiente seguro e repleto de atividades. Dependendo do caso, uns dias fora de casa podem ser a melhor opção para os pets!

cachorro casa nova

6. Prepare uma identificação para o cachorro

Mesmo seguindo todos os passos acima, a mudança de casa pode ser estressante para os cãezinhos. Em alguns casos, as fugas podem ocorrer, e você deve estar preparado para isso. Não se esqueça de atualizar a identificação de seu pet com o novo endereço e telefone.

Esse pequeno detalhe pode ser muito importante durante um momento difícil, como uma fuga. Vale lembrar que hoje é fácil colocar um microchip em seu pet. Esse procedimento, rápido e indolor, ajuda na identificação de animais perdidos.

Além disso, faz parte do projeto de posse responsável. Basta procurar seu médico-veterinário e perguntar sobre microchip em cachorros.

7. Conheça a região do novo lar

Se você está mudando de cidade ou mesmo de país, pode ser que nunca mais visite sua casa antiga! Por isso, é importante conhecer a região que será o novo lar para seu amigo de quatro patas.

Saiba onde há parques para passear, quais os trajetos mais agradáveis para seu amigo e qual a loja da Petz mais próxima. Assim, ficará mais fácil estabelecer uma rotina, comprar ração e itens para cachorro.

Quando for sair para explorar o bairro, não se esqueça de levar seu amigo junto. Assim, ele já vai se familiarizando com a região!

8. Faça acompanhamento com o médico-veterinário

É sempre indicado que seu pet tenha um veterinário de confiança. Ele vai conhecer seu amigo, sua personalidade e seu histórico de doenças. Mas, caso a mudança impeça que você mantenha um mesmo médico, peça dicas ao veterinário antigo.

Verifique se há um histórico que ele pode fornecer para a nova clínica. Lembre-se também que para viagens longas e curtas, é sempre recomendado fazer um check-up. Assim, é possível analisar a saúde do pet e pegar recomendações para o trajeto.

9. Seja paciente sobre como adaptar o cachorro ao novo lar

Não estranhe se o processo de mudança for estressante, cansativo e longo. Os cachorros são territorialistas, e o espaço onde vivem é muito importante. Por isso, seja paciente. É possível que, nas primeiras semanas, seu amigo peludo apresente alguns problemas no comportamento canino.

Pode ser que ele erre a hora ou local de ir ao banheiro algumas vezes, fique latindo com mais frequência ou apresente sinais de ansiedade. Isso é comum e não tem porque se preocupar!

Dê tempo ao seu filho de quatro patas e logo ele estará confortável em seu novo lar. Se os problemas de comportamento se tornarem persistentes, procure o especialista.

Seguindo os passos acima, você não terá problemas durante o processo de adaptação. Em algumas semanas, seu amigo estará achando seu novo lar perfeito! Lembre-se que um ambiente agradável e confortável é importante para uma boa qualidade de vida.

como adaptar cachorro novo lar

Dessa forma, seu amigo ainda poderá lhe fazer companhia por muitos anos! Tem alguma dúvida sobre como adaptar o cachorro ao novo lar? Pergunte para nós da Petz nos comentários!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentários

Suzanne Ribeiro - 27/10/2019

É bom consultar a vossa pagina